Sebo Capricho
Parcelas até 12x no cartão
Entregas para todo o Brasil
Entregas de Moto Táxi para Londrina
Whatsapp: (43) 991271035
(43) 3028-8581
BLOG
O maior acervo de livros usados do Paraná
Carrinho (0)
Busca Rápida:
Blog Sebo Capricho
A literatura também celebra a Independência do Brasil
Toda Rede Comunicação
05 de Setembro de 2019

Nessa semana celebra-se a Independência do Brasil. Um momento importante na história, quando o País se liberta de Portugal. O grande marco foi o grito da independência realizado por Dom Pedro I, às margens do Rio Ipiranga, no dia 7 de setembro de 1822. Dom Pedro soltou aquele famoso grito de “Independência ou Morte”.

Essa parte da história brasileira foi retratada de diversas formas. Já ganhou as telonas de cinema, foi para a televisão, com séries e até novelas (a mais recente, Novo Mundo, foi exibida pela Rede Globo em 2017) e, claro, é tema de vários livros, alguns com tom mais histórico e outros de romance.
Um desses livros é 1822 - Como um homem sábio, uma princesa triste e um escocês louco por dinheiro ajudaram D. Pedro a criar o Brasil, um país que tinha tudo para dar errado, de Laurentino Gomes, onde o autor une uma pesquisa histórica intensa com um texto leve e envolvente. Em 22 capítulos, o autor fala sobre diferentes relatos sobre o dia 7 de setembro de 1822, lembra o cenário anterior a esse marco e continua abordando os acontecimentos de alguns anos posteriores ao da independência, contando como D. Pedro conseguiu fazer o Brasil se firmar como nação independente. 
E para quem gosta de História do Brasil, 1822 é o segundo título de uma trilogia que conta quase 100 anos da história brasileira. O primeiro título, 1808, relata a chegada da corte portuguesa em solo tupiniquim e relaciona o fato com o contexto político, econômico, e social na Europa. E o último, 1889, conta a história da Monarquia brasileira. Todos são do Laurentino Gomes e podem ser encontrados no Sebo Capricho.
Ainda sobre a Independência, destacam-se outras obras como “A independência do Brasil”, de André Diniz; “1789”, de Pedro Dória , que conta um pouco da história de Tiradentes, um período que antecedeu o grito de independência; “Eu era criança ... Na época da independência do Brasil”, de Eleno Ogliari, que trata desse momento da história brasileira de outra forma, abordando os costumes da época, a questão do racismo, da escravidão, da economia.
 
Aproveite a semana da Independência para conhecer um pouco mais da história do brasileira!
a-literatura-tambem-celebra-a-independencia-do-brasil.jpg
Créditos: Pixabay
Compartilhe:
Deixe um comentário