Sebo Capricho
Parcelas até 12x no cartão
Entregas para todo o Brasil
Entregas de Moto Táxi para Londrina
Whatsapp: (43) 991271035
(43) 3028-8581
BLOG
O maior acervo de livros usados do Paraná
Carrinho (0)
Busca Rápida:
Blog Sebo Capricho
Deixe a imaginação voar...
Toda Rede Comunicação
11 de Outubro de 2019

Era uma vez...Nada como uma boa história para encantar os pequenos. Nessa semana em que se celebra o Dia da Criança, um livro pode ser um ótimo presente. E mais, separar um tempo para ler esse livro com ou para as crianças ou mesmo contar uma história diferente é certeza de alegria em casa. No site do Sebo Capricho você encontra inúmeras opções de livros infantis, dos clássicos às histórias mais modernas: www.sebocapricho.com.br

 
A contadora de histórias Dani Fioruci, lembra que contar histórias é algo muito antigo e que precede em muito a invenção dos livros. Os homens das cavernas já se reuniam ao redor da fogueira e partilhavam as histórias no final do dia. De lá para cá muita coisa mudou, lembra ela, mas quando contamos histórias estamos falando de experiências, relações humanas e sentimentos. “Acho que essas relações humanas e sentimentos são a principal coisa que as histórias contam. Então, elas vão ampliar nosso conhecimento, nosso horizonte, mas vão falar sobre coisas que cercam a gente, os medos, as angústias, os sofrimentos, as dúvidas, as paixões, nossa coragem”, observa. E história, acrescenta Dani, não é coisa só de criança, “todo mundo gosta de uma boa história”.
 
Mas falando em contação para crianças, o que é interessante para esse momento? “Escolher uma história que você gosta de contar, que de alguma forma de toca”. Dani pontua que “tudo” conta uma história: uma pessoa, um teatro, uma música, mas quando se fala em contação de histórias se fala em “arte da narrativa, a arte de usar a palavra”.
 
Na hora da contação, destaca ela, também é importante entender as emoções daquela história. “Como na história dos Três Porquinhos, posso apenas relatar os fatos, “o porquinho fez a casa, apareceu o lobo mal...”, ou posso colher da história os aprendizados e as emoções e falar sobre os medos do porquinho quando aparece o lobo, quais emoções estão ali. Contar com emoção entra muito mais dentro da gente do que só contar os fatos”.
 
Dani reforça que é sim interessante usar acessórios no momento da contação, como bonecos, fantoches, pedaços de tecido, sons, o que a imaginação mandar. Essas ferramentas podem ajudar a prender a atenção da criança, uma “boa saída para fazer um ritmo gostoso”.
 
Para os pais que vão ler ou contar histórias para as crianças ela tem algumas dicas: faça um ritual, escolha um horário, depois da janta, na mesa de jantar mesmo, ou depois do banho, na hora de ir dormir, escolha uma história que goste bastante e brinque com a história. Se for um livro, conte a história do livro, mas comece a fazer perguntas, mostrar as imagens do livro para a criança, adaptar brincadeiras à idade dela. “E conte não para ensinar, mas para se divertir. Ela vai aprender, claro, mas vai se divertir também”.
 
Bom Dia das Crianças!
foto-11-10-2019.jpg
Créditos: Pixabay
Compartilhe:
Deixe um comentário