Sebo Capricho

Parcelas até 12x no cartão

Entregas para todo o Brasil

Entregas de Moto Táxi para Londrina

Whatsapp: (43) 991271035
(43) 3028-8581
BLOG

O maior acervo de livros usados do Paraná

Carrinho (0)
Busca Rápida:
Blog Sebo Capricho
Livros: presentes de Natal que nunca saem de moda
Toda Rede
19 de Dezembro de 2020

 

No Natal, além da celebração, nada melhor que presentear familiares e amigos. Quer uma dica? Livros nunca saem de moda e, geralmente, são opções que agradam e incentivam ainda mais o hábito da leitura. Pensando nisso, o site do Sebo Capricho separou uma lista baseada em rankings dos livros mais vendidos no Brasil e no mundo nos últimos anos, divulgados em sites especializados do mercado editorial. Tem para todos os gostos e perfis: ficção, autoajuda, fantasia, entre outros. E o melhor de tudo é que a compra pode ser feita no próprio site do Sebo e, também, pelo WhatApp (43) 99127-1035. Quem mora na cidade de Londrina (PR) e região tem a possibilidade de adquirir seus exemplares diretamente nas lojas físicas que estarão abertas até o dia 23 de dezembro em horário diferenciado, das 9 às 22 horas. Confira a lista:

 

1 - A Revolução dos Bichos (George Orwell)

 

Publicado em 1945, ao final da 2ª Guerra Mundial, “A Revolução dos Bichos” é considerado um dos grandes clássicos da literatura mundial e, até hoje, um dos livros mais comprados anualmente. Nesta obra, o escritor inglês George Orwell (pseudônimo de Eric Arthur Blair) traz, por meio de uma fábula, uma alusão à Revolução Russa de 1917, ao mesmo tempo em que realiza duras críticas aos regimes totalitários da época. Neste texto cheio de ironias, animais se rebelam para se livrarem da exploração dos homens. Assim, a Granja Solar passa a se chamar a Granja dos Bichos, comandada por dois porcos. Embora a fábula seja relacionada a uma época específica da história mundial, pode ser comparada com qualquer revolução em que os mais fracos tomam o poder, porém, num determinado momento, também são corrompidos por ele. Esta obra fala de temas atemporais como formas de trabalho, consumo, justiça, igualdade e privilégio.

  

 

2 - Pequeno Manual Antirracista (Djamila Ribeiro)

 

Entre os temas mais pesquisados e comentados este ano, indiscutivelmente, está o racismo que nega direitos e discrimina pessoas negras, indígenas, e não-brancas. Felizmente, para trazer mais reflexões e discussões sobre o assunto, a escritora brasileira Djamila Ribeiro lançou, em 2019, o livro “Pequeno Manual Antirracista”, que, de forma didática, enumera breves lições – num formato de manual – para que a sociedade, sobretudo brasileira, entenda quais são as origens do racismo e formas de combatê-lo. Neste livro, a escritora, que também é filósofa e ativista do movimento negro, pontua outros assuntos que permeiam o racismo, como violência racial, afeto e branquitude. Toda essa contextualização é necessária, segundo ela, porque o racismo não pode ser visto como um ato individual, mas um complexo sistema de opressão que cria desigualdades e abismos sociais. Para tanto, a autora apresenta caminhos de reflexão para aqueles que queiram aprofundar sua percepção sobre discriminações racistas estruturais e assumir a responsabilidade pela transformação do estado das coisas.

 


natal.png
Créditos: Reprodução

 

3 - Do Mil ao Milhão Sem Cortar o Cafezinho (Thiago Nigro)

 

Um dos livros mais vendidos no Brasil em 2020 foi “Do Mil ao Milhão Sem Cortar o Cafezinho”, de Thiago Nigro. Neste livro de autoajuda financeira para iniciantes, lançado em 2018, o autor brasileiro sugere que, em vez de focar no corte de pequenos gastos diários – como um cafezinho – o melhor caminho é fugir dos juros altos. Para isso, organiza os ensinamentos em três pilares principais: gastar bem, investir melhor e ganhar mais. Ao longo das páginas, o educador financeiro aborda conceitos básicos sobre investimentos e mercado financeiro e muitas formas de diversificar capitais e multiplicá-los, num texto simplificado, sem grandes termos técnicos, tornando o tema mais acessível e coerente à realidade brasileira. Além de mostrar este universo financeiro aos leigos, o autor sugere que todos sejam capazes de conseguir seu primeiro milhão.

 

4 - Mulheres que Correm com Lobos (Clarissa Pinkola Estés)

 

Lançado em 1992, o livro "Mulheres que Correm com os Lobos - Mitos e Histórias do Arquétipo da Mulher Selvagem", da autora norte-americana Clarissa Pinkola Estés, voltou ao ranking de mais vendidos nos últimos anos e se manteve na lista em 2020. A obra é considerada um marco do estudo feminista dos anos 90, na qual a psicóloga jungiana analisa a natureza instintiva feminina com base em 19 mitos, lendas e contos de fada produzidos ao redor do mundo, reunidos por ela ao longo de duas décadas. Essas investigações revelam o arquétipo da mulher selvagem, “cujas qualidades foram perigosamente domadas por uma sociedade que prega a virtude de ser boazinha.” Seguindo essa linha de pensamento, a obra traz uma visão sobre a condição feminina na sociedade, sua natureza e sua ancestralidade. Em outras palavras, o livro mistura histórias folclóricas com uma profunda análise psicológica para resgatar a natureza feminina indomável, sem deixar de lado a espiritualidade e a sabedoria popular.

 

5 - Harry Potter e a Pedra Filosofal (JK Rowling)

 

“Harry Potter e a Pedra Filosofal” é o primeiro livro de uma série de sete livros escritos pela britânica JK Rowling. Lançado em 1997, a obra é um dos livros mais vendidos da história da literatura mundial que, ainda hoje, faz sucesso entre os adolescentes de vários países. Na história, Harry Potter é um garoto órfão que teve os pais assassinados quando bebê por Lorde Voldemort, o bruxo das trevas mais poderoso de seu tempo. Criado por seus tios, que o maltratavam, aos 11 anos descobre que também é um bruxo e, ao ser convocado, não teve dúvidas em ingressar Escola de Magia e Bruxaria Hogwarts. Lá, foi apresentado a este novo universo e a ele revelado que sua cicatriz na testa é a marca de ter sobrevivido ao ataque que matou seus pais. Juntamente com os novos amigos, forma um trio que, dentre várias aventuras, descobre que existe algo secreto guardado no interior da escola. Trata-se da “pedra filosofal”, procurada há anos pelo bruxo Voldemort para ajudá-lo a retomar a soberania. A missão, a partir daí, é encontrar a pedra e afastá-la do inimigo.

 



Compartilhe:
Deixe um comentário